OS PROMOTORES DA PAZ


“Bem-aventurados os pacificadores, porque serão chamados filhos de Deus.” 
Mt 5.9

 

       O Deus da paz nos transforma em agentes da paz. Aqueles que têm paz com Deus e experimentam a paz de Deus tornam-se embaixadores da paz entre os homens. Em vez de serem provocadores de contendas tornam-se facilitadores da paz e reparadores de brechas. Em vez de cavar abismos de separação, constroem pontes de aproximação.
       Em vez de abrir feridas no coração das pessoas tornam-se terapeutas da alma. Se o pecado que mais Deus abomina é espalhar contendas entre os irmãos, a virtude que mais nos assemelha ao caráter de Deus é sermos pacificadores, pois os pacificadores serão chamados filhos de Deus. O pacificador trabalha em duas dimensões. Primeiro, como ministro da reconciliação e embaixador de Cristo, roga aos homens que se reconciliem com Deus.
       Não há paz entre os homens se, primeiro, não nos submetermos ao Deus da paz. Segundo, como pacificadores devemos nos esforçar para que inimizades sejam desfeitas e mágoas sejam perdoadas. Assim, a paz tem uma dimensão vertical e outra horizontal. É quando somos reconciliados com Deus que estreitamos os laços com o nosso próximo.

 

Maravilhoso Deus, às vezes meu coração pecador está mais pendido ao rancor. Mas, quando me lembro do teu amor por mim, sou motivado a perdoar. Graças te dou! Em nome de Jesus. Amém.